Estadão ganha Prêmio Petrobras de Jornalismo 2017

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

A Imprensa conheceu nesta segunda-feira (09/10) os vencedores do IV Prêmio Petrobras de Jornalismo. A cerimônia, realizada no Theatro Municipal do Rio de Janeiro pela primeira vez, premiou jornalistas do Estado de S. Paulo nas duas principais categorias: o Grande Prêmio e o Prêmio Especial de Inovação – novidade desta edição. A condução da cerimônia ficou por conta da companhia de teatro Grupo Galpão.

Imagem da reportagem vencedora (Reprodução)

“Presenciamos hoje exemplos da capacidade da imprensa de se reinventar e inovar e mover a sociedade. Com o prêmio, buscamos valorizar e reconhecer o profissionalismo e a competência técnica dos jornalistas”, afirma o gerente executivo de Comunicação e Marcas, Bruno Guimarães Motta.

Para contar a história de Terra Bruta – Pistolagem, devastação e morte no coração do Brasil, vencedor do Grande Prêmio, os repórteres André Borges, Leonencio Nossa e equipe percorreram 15 mil quilômetros nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Goiás, Pará, Rondônia e Tocantins. A tarefa, realizada ao longo de seis meses, deu origem a um profundo e contundente retrato da violência dos conflitos agrários no país, que mataram 1.309 pessoas nos últimos vinte anos. Ricamente ilustrada pelos fotógrafos Dida Sampaio e Hélvio Romero, a série investigativa repercutiu no parlamento e na sociedade, resultando em audiência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, em Brasília. Sua edição é de Luciana Garbin.

Meses de pesquisa, expedições e entrevistas para produção de material multimídia também marcaram o trabalho do jornalista Herton Escobar, que assina a reportagem vencedora do Prêmio Especial de Inovação, Fauna Invisível da Mata Atlântica. Foram oito meses de trabalho para produzir os textos, vídeos, fotos, mapas e infográficos interativos que revelam a fauna da Mata Atlântica, além de descrever ameaças e iniciativas de proteção do bioma.

O prêmio foi concedido ainda a outras 11 categorias nacionais e regionais, que somavam 33 finalistas. São elas: Ciência e Tecnologia, Cultura, Economia, Esporte, Fotojornalismo, Regional Nordeste, Regional Norte/ Centro-Oeste, Regional RJ-MG-ES, Regional SP-Sul, Sustentabilidade e Telejornalismo.

Para conhecer a relação ds vencedores, clique  aqui.