Famílias recebem casas do Residencial Kamel Saad em Ponta Porã

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

Edilson José Alves*

Ricardo Zacarias destacou importância do projeto habitacional viabilizado pelo prefeito Ludimar Novais

Momento que a primeira-dama, Káttia Fabiola, fazia a entrega da chave da casa para Sueli Machado

Ministro das Cidades, Bruno Araújo, entregou chave da casa para Rosimeire Arguello

Deputado federal Vander Loubet destacou luta de Ludimar e entregou chave da casa para Lilian Lescano

O deputado estadual, Paulo Corrêa e a primeira-dama, Káttia Fabiola, entregaram a chave da casa para Lilian Moraes

Momento que o superintendente da CEF, Narciso de Lima, entregava chave da casa para Clarice Florentino

Vista aérea do Residencial Kamel Saad, com 1.015 casas

Momento que a primeira-dama, Káttia Fabiola Novais, acompanhada do governador Reinaldo Azambuja e do ministro Bruno Araújo, descerravam a placa inaugural do Residencial Kamel Saad

Público formado basicamente pelas famílias contempladas compareceu em massa para inauguração do Residencial Kamel Saad

Durante evento que contou com a presença do ministro das Cidades, Bruno Araújo; governador Reinaldo Azambuja; deputados federais e estaduais, a primeira-dama do município, Káttia Fabiola Cordone Novais, além de outras autoridades municipais e estaduais, foi entregue nesta quarta-feira, dia 20, o Residencial Kamel Saad, o maior conjunto habitacional construído durante a história de 104 anos de Ponta Porã. O secretário municipal de Comunicação, Ricardo Zacarias, representou o prefeito Ludimar Novais, em virtude de a legislação eleitoral proibir a presença de pré-candidato em inaugurações.“Esse é o maior conjunto habitacional da história do nosso município e, com toda certeza, um dos maiores de Mato Grosso do Sul e do Brasil. É um projeto maravilhoso, elaborado pelo prefeito Ludimar Novais em 2013 e que hoje é uma realidade. Já no primeiro ano da atual gestão foi criada a Agência Municipal de Habitação, a Habiporã, oferecendo aos servidores e a nossa comunidade, uma estrutura física adequada para fazer o cadastramento das famílias que sonhavam com a casa própria”, disse Zacarias.Segundo ele, a concretização do projeto só foi possível porque foi feito um esforço muito grande da equipe do prefeito, buscando parcerias com o Governo do Estado e, principalmente, com o Governo Federal, responsável pelo maior volume dos investimentos, mais de R$ 63 milhões. “Tudo foi feito com planejamento e da forma mais transparente possível, inclusive com a participação do Ministério Público Estadual, através do Dr. Gabriel Rodrigues Alves, que acompanhou o processo de sorteio, juntamente com todos os inscritos, para que não ocorresse nenhum tipo de injustiça”.Ricardo Zacarias destacou durante seu pronunciamento que uma determinação do prefeito Ludimar foi para que fosse observada e cumprida rigorosamente a lei que determina a destinação de 10% dos imóveis construídos para pessoas portadoras de necessidades especiais; 10% para os idosos e outros 10% foram para as famílias que vivem em áreas de riscos. “O restante dos imóveis foram para o sorteio e todos os 3.400 inscritos participaram com o mesmo grau de chance de ser contemplado. Foi um sorteio sério que contemplou aquelas pessoas que realmente precisavam de uma moradia”, destacou.Finalizando seu discurso, Zacarias disse que além de correr atrás dos recursos para construir o maior conjunto habitacional da história de Ponta Porã, o prefeito Ludimar Novais também se preocupou em atender os moradores com toda a infraestrutura. “O bairro conta com arborização, com asfalto, meio-fio, entre outras benfeitorias. Além disso, o prefeito asfalto o acesso ao bairro através da MS-164, colocou iluminação, preparou o atendimento das crianças com a inauguração de uma nova escola municipal, a Zaira Portela, também priorizou a saúde com a inauguração de um novo posto de saúde com equipe completa nesta região e também está construindo um novo Centro de Educação Infantil. Para finalizar a mensagem que deixo para todas as famílias contempladas é que vivam em paz, sejam felizes, respeitem seus vizinhos e valorizem seus familiares.