Fundação MS e Senar/MS apresentam resultados de pesquisas referentes à safra de soja

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

famasulResultados da temporada 2015/2016 de soja são apresentados pela Fundação MS e Senar/MS

Após percorrer os municípios de Dourados, Maracaju e Sidrolândia, a equipe de especialistas da Fundação MS chega a Campo Grande para mais uma etapa do ciclo de Apresentações de Resultados de Pesquisas referentes à safra 2015/2016. A iniciativa, que tem a parceria do Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de MS, aconteceu nesta sexta-feira (20), na sede do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS.

O objetivo é orientar os agricultores de cada região do Estado quanto às novas tecnologias aplicadas no manejo e tonar público estudos realizados pela entidade ao longo dos anos. Técnicos e produtores rurais conheceram novos tipos de ativos biológicos, adubos, entre outras possibilidades de nutrição de plantas. “Apresentamos os frutos obtidos com experimentos das últimas quatro safras de soja. A intenção é oferecer opções com custo benefício mais interessantes com tecnologia”, explica o palestrante, engenheiro agrônomo, Douglas Gitti.

Durante a apresentação também foram abordados temas que relacionam condições climáticas, solo, resistências às pragas e melhor período para semeadura. A palestra ministrada pelo pesquisador de fitotecnia soja da Fundação MS, Carlos Pitol, por auxilia o produtor rural na tomada de decisão para a próxima temporada da oleaginosa. O momento também foi para discutir sobre manejo de pragas e doenças e a proteção de plantas com o pesquisador José Fernando Grigolli.

O circuito percorre ainda, outras cidades até o fim do mês: Rio Brilhante (24/05), Bonito (25/05) e encerra em Amambai (31/05). As palestras são gratuitas.

Outras informações, bem como programação completa das apresentações no telefone (67) 3454-2631.

Sobre o Sistema Famasul – O Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) é um conjunto de entidades que dão suporte para o desenvolvimento sustentável do agronegócio e representam os interesses dos produtores rurais de Mato Grosso do Sul. É formado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar), Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja/MS) e pelos sindicatos rurais do Estado.

O Sistema Famasul é uma das 27 entidades sindicais que integram a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Como representante do homem do campo, põe seu corpo técnico a serviço da competitividade da agropecuária, da segurança jurídica e da valorização do homem do campo. O produtor rural sustenta a cadeia do agronegócio, respondendo diretamente por 17% do PIB sul-mato-grossense.