Google, Facebook, Twitter e WhatsApp vão aderir ao programa contra fake news do TSE

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print
Redação Portal IMPRENSA*

As quatro principais plataformas de mídia social – Google, Facebook, Twitter e WhatsApp – aderiram ao Programa de Enfrentamento à Desinformação Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que já soma 40 instituições parceiras, entre elas veículos de comunicação, provedores de internet, agências de checagem e partidos políticos.

Crédito:Reprodução
Com foco nas eleições de 2020, o programa foi criado pelo TSE para combater os efeitos negativos provocados pela disseminação de fake news.

A adesão ao programa acontecerá na próxima terça-feira (22/10).

Para o coordenador do grupo gestor do programa, Ricardo Fioreze, as plataformas estão atentas ao fenômeno e já vêm adotando medidas concretas de combate à desinformação.

“[A participação dessas plataformas na cruzada] contra um fenômeno que vem sendo potencializado pelo uso da internet, já que os aplicativos mais utilizados para o tráfego de informações também são usados para disseminar a desinformação”, disse.

Confira abaixo a lista das instituições que já assinaram o termo de adesão:
1. Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert)
2. Associação Brasileira de Imprensa (ABI)
3. Associação Brasileira de Internet (Abranet)
4. Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel)
5. Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint)
6. Associação Nacional dos Jornais (ANJ)
7. Agência Aos Fatos
8. Associação Acredito
9. Associação Brasileira das Agências de Comunicação (Abracom)
10. Associação InternetLab de Pesquisa em Direito e Tecnologia
11. Boatos.org
12. Conselho Gestor da Internet (CGI.br)
13. Instituto Palavra Aberta
14. Instituto Update
15. Ministério da Justiça e Segurança Pública
16. Ministério Público Federal
17. Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil
18. Partido Avante
19. Partido Comunista do Brasil (PCdoB)
20. Partido Democracia Cristã (DC)
21. Partido Democratas (DEM)
22. Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB)
23. Partido Solidariedade
24. Partido Progressistas (PP)
25. Partido Republicanos
26. Partido Trabalhista Brasileiro (PTB)
27. Politize!
28. Safernet Brasil
29. Sociedade Brasileira de Computação (SBC)
30. Secretaria Executiva do Comitê Nacional do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral
31. Agência Lupa
32. Partido Social Cristão (PSC)
33. Partido Podemos (Pode)
34. Partido Democrático Trabalhista (PDT)
35. Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República
36. Instituto Não Aceito Corrupção