Inscrições abertas para prêmio sobre cobertura do ensino superior brasileiro

premiojornalismo2020
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

Inscrições abertas para prêmio sobre cobertura do ensino superior brasileiro

A Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior abriu inscrições para a 4ª edição do prêmio ABMES de Jornalismo.

A premiação tem o objetivo de incentivar e valorizar o papel da imprensa e das mídias independentes na cobertura de temas relacionados ao ensino superior brasileiro.

Nesta edição, os trabalhos jornalísticos poderão ser inscritos nas modalidades de Vídeo, Áudio e Escrito (impresso e on-line), em duas categorias: Nacional e Regional.  As inscrições vão até 22 de maio.

Para concorrer, as reportagens devem ter sido publicadas em algum veículo de comunicação no período entre 1º de julho de 2019 a 22 de maio de 2020. Cada candidato pode inscrever em até cinco trabalhos.

Crédito: Divulgação ABMES
Premiação
Ao todo, serão entregues seis prêmios em dinheiro. Os três vencedores na modalidade nacional receberão R$ 15 mil cada. Já os ganhadores da categoria regional, levam para casa um prêmio no valor de R$ 10 mil cada.

De acordo com o regulamento, os trabalhos jornalísticos podem versar sobre diversas áreas da educação superior do país, tais como: transformação digital, crescimento da educação a distância (EAD), internacionalização, o sistema brasileiro de avaliação, entre outros. Os trabalhos pré-selecionados serão apreciados pela Comissão Julgadora, que será anunciada em breve.

A cerimônia de premiação ocorrerá no dia 04 de agosto de 2020, em Brasília.

Última edição

Criado em 2017, o Prêmio tem como objetivo incentivar a imprensa na produção de reportagens e matérias que abordem a educação superior no Brasil.

Com 296 inscrições, a 3ª edição do Prêmio ABMES de Jornalismo estabeleceu um recorde de adesão à iniciativa. Jornalistas de todas as regiões do país e de dezenas de veículos de comunicação inscreveram seus trabalhos, distribuídos, à época, em oito categorias: Impresso (Nacional e Regional), Internet (Nacional e Regional), Rádio (Nacional e Regional) e TV (Nacional e Regional).

Mais informações acesse aqui.