Internauta faz campanha no facebook contra vereador e é processada no MS

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print


Felipe-Carlos-Argemon-Pereira-CuripaVereador Curipa processou internauta por “difamação”

Lile Corrêa*

O vereador Felipe Carlos Argemon Pereira “Curipa” 52 anos, Serralheiro de profissão registrou ocorrência 808/2016 na manhã desta quarta-feira, dia 20 de abril na 1ª Delegacia de Policia Civil de Jardim, sob a presidência do Dr. Alex Sandro Leonel, região sudoeste do Mato Grosso do Sul, contra Kleziane Andrea que lançou na rede social facebook uma campanha contra o vereador.

Curipa falou ao curipaClube de Imprensa “Pode não ter sido eu que atropelei e se fosse um motoqueiro ? E caísse e se machucasse ?”

Segundo a postagem de Kleziane Andrea “Campanha: se vc ver o vereador Curipa saindo de bar para dirigir carro ou a moto, ligue para a PM. Ontem por volta das 18:20 , na rua São Paulo o motorista irresponsável vereador Curipa atropelou minha cachorrinha ( que por um incidente correu para a rua por que viu um gato, questão de instinto animal) e não parou, pelo contrário arrastou ela. Graças a Deus que ela não morre
u e nem quebrou nada, mas machucou muito a pele do braço direito e o olho. Levei ao veterinário. Hoje fui busca-la, mandei mensagem para o vereador em questão é o mesmo não respondeu. Fui atrás dele e o mesmo foi muito mal educado e groklezianesseiro, nem parece uma pessoa pública. Estou indignada com a atitude de ser. Dei a ele a oportunidade de ter a hombridade de fazer o correto, mas o mesmo não tem o mínimo de dignidade de assumir o erro. Com frequência ele passa aqui na minha rua em alta velocidade, não para nem no quebra molas (ele atropelou a uns 15 metros antes do quebra molas). A rua tem muitas crianças e se ele não parou para um animal indefeso, se fosse uma criança para ele não ia fazer diferença. Peço para todos compartilhar para evitar que esse irresponsável provoque algo pior. Todos sabem que ele vive em porta de buteco ao invés de trabalhar pela população”.