Irmãs de 96 e 100 anos se curam juntas da Covid-19 em MS: “enquanto há vida, há esperança!”

irmas curadas
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

Irmãs de 96 e 100 anos se curam juntas da Covid-19 em MS: “enquanto há vida, há esperança!”

Por G1MS

Dirce, de 100 anos (à esq.) e Myrtes, de 96 anos (à dir.), se recuperaram da Covid-19 em Corumbá (MS) — Foto: Prefeitura de Corumbá/Divulgação

Dirce, de 100 anos (à esq.) e Myrtes, de 96 anos (à dir.), se recuperaram da Covid-19 em Corumbá (MS) — Foto: Prefeitura de Corumbá/Divulgação

Duas irmãs, de 96 e 100 anos, se recuperaram da Covid-19 em Corumbá, no Pantanal de Mato Grosso do Sul. Myrtes Bastos, de 96, e Dirce Bastos Hass, de 100 anos, souberam que contraíram o novo coronavírus no fim de junho e, em cerca de 15 dias, conseguiram se curar da doença.

De acordo com a prefeitura de Corumbá, as irmãs são vizinhas e se visitam diariamente, muitas vezes sentando-se juntas na varanda para ver o movimento da rua. Myrtes foi quem apresentou os primeiros sintomas da doença, como febre, tosse e cansaço. As duas realizaram o teste no dia 27 de junho, com o resultado positivo saindo dois dias depois.

Conforme a secretaria de saúde do município, elas foram tratadas com muita hidratação, repouso, e vitamina C, sem uso de outros medicamentos. Myrtes diz que ficou mais de 15 dias com sintomas. “Estava fraca, sem olfato e paladar, mas quando estava doente não sentia que já ia para o lado de lá. Nunca fui pessimista. Enquanto há vida, há esperança, e por muitas vezes nem lembro a minha idade para não ficar desanimada”, relata.

A idosa conta que segredo para a longevidade e saúde é viver tranquila, levar uma vida simples e se alimentar bem. Para o secretário de saúde de Corumbá, Rogério Leite, Myrtes e Dirce são “exemplos de superação”. “A mensagem que fica é de esperança, coragem e de vontade de viver”, afirma.

Conforme o boletim epidemiológico divulgado diariamente pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), até esta quarta-feira (29), Corumbá registra 1.115 casos de Covid-19, com 32 óbitos. Já o estado de Mato Grosso do Sul tem 23.411 casos do novo coronavírus, com 342 óbitos pela doença confirmados.