Jornalista é assassinado enquanto cobria protesto de professores

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

Elidio

Redação Portal IMPRENSA

O repórter Elidio Ramos Zárate, do jornal El Sur, foi assassinado no último domingo (19/6) enquanto cobria os protestos de professores contra a reforma educacional realizado por educadores da Coordenadora Nacional de Trabalhadores da Educação no estado de Oaxaca, no sul do México. Este é o sexto profissional de imprensa morto no país somente em 2016.

De acordo com EFE, Zárate descansava em um banco no cruzamento viário de acesso ao município de Juchitán de Zaragoza, na região do Istmo de Tehuantepec, quando dois sujeitos em uma motocicleta atiraram contra ele. 

Veículos mexicanos informam que o jornalista já teria sido ameaçado por ter fotografado algumas pessoas causando distúrbios em meio ao protesto, como saques a lojas e centros comerciais, e pode ter sido morto em razão disso.

Além do jornalista, os atiradores mataram um homem identificado como Raúl Cano López e feriram outra pessoa.