Jornalistas da fronteira debatem Campanha Motociclista Legal

Eder Rubens
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

Jornalistas da fronteira debatem Campanha Motociclista Legal

Clube de Imprensa de Ponta Porã convida jornalistas para reunião nesta terça-feira, dia 12 de abril às 9h na Casa do Turista

Lile Corrêa*

Na manhã desta segunda-feira, dia 11 de abril, o Presidente do Clube de Imprensa de PoEder Rubensnta Porã, jornalista Eder Rubens através da rede social whats app convidou os jornalistas da fronteira para participarem de uma reunião na Casa do Turista localizada na Linha Internacional próximo ao Shopping Wester Garden, na terça-feira dia 12 de abril, as 9h. Na pauta a Campanha Motociclista Legal.

Na postagem, Eder Rubens mencionou “Ola amigos jornalistas chefes de redação,  correspondentes e repórteres das webs, jornais impressos rádios e televisão. Atendendo ao pedido do Ministério público de Mato Grosso do Sul, o Clube de Imprensa convida a todos para reunião junto a imprensa de Pedro Juan Caballero e Ponta Porã acerca da Campanha “Motociclista Legal respeita a lei nos dois lados da fronteira” A presença dos senhores (as) e de fundamental importância”.

A Campanha “Motociclista Legal respeita a Lei nos dois lados da Fronteira” teve inicio no dia 23 de outubro, envolvendo as Instituições Públicas responsáveis pela segurança no trânsito na fronteira Brasil e Paraguai, com o objetivo de mudar um quadro desfavorável no número de acidentes e vítimas fatais, principalmente junto aos motociclistas.duas cidades.

O Ministério Público, com apoio da Prefeitura e outras entidades representativas da cidade iniciaram uma campanha de coordenação, conscientização e educação de trânsito “Motociclista legal, respeita a lei” dividida em três etapas, a primeira com duração de seis meses de âmbito educativa, com palestras nas escolas, empresas e instituições, distribuição de panfletos, folders educativos e outdoors em toda a cidade, além da divulgação em jornais, rádio e televisão, a segunda etapa a realização de blitz educativas no centro e nos bairros da cidade, com apoio da Policia Militar, Guarda Municipal e Agentes Municipal de Trânsito, e a terceira e última etapa será a fiscalização e a aplicação da lei prevista para iniciar em maio de 2016.