Liberdade de imprensa no período eleitoral? Abraji registra 58 ataques a jornalistas

Diante do panorama dos últimos anos – com as evoluções do fanatismo e do ódio político – já era esperado que o período eleitoral trouxesse dor de cabeça para jornalistas brasileiros. No entanto, os ataques são cada vez mais alarmantes, especialmente nos meios digitais.

Crédito:Pixabay
Jornalistas são atacados na internet por conta da cobertura política. Abraji ensina como proteger seus dados pessoais

De acordo com um levantamento da Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo) já chegou a 58 o número de agressões de diversas formas contra profissionais da imprensa que estavam apenas cumprindo seu dever na cobertura de eventos políticos ou na publicação de reportagens sobre candidatos a cargos públicos.

Os casos mais recentes foram de duas jornalistas que têm o mesmo nome: Marina Dias. A que trabalha na Folha de S. Paulo publicou esta semana uma matéria que causou muita polêmica, sob o título “Ex-mulher afirmou ter sofrido ameaça de morte de Bolsonaro, diz Itamaraty”.

No contexto atual, já dava para imaginar o que iria acontecer. Marina passou a ser alvo nas redes sociais de apoiadores do candidato do PSL à presidência do Brasil. Seu colega Rubens Valente, que também assina a matéria sobre Jair Bolsonaro, foi outra vítima perseguida.

Para piorar ainda mais a situação, outra profissional também chamada Marina Dias, só que da revista Encontro, de Belo Horizonte, passou a ser confundida com a repórter da Folha de S. Paulo e também recebeu ataques.

A Abraji publicou uma nota condenando essa ofensiva contra os jornalistas. Esse tipo de afronta à liberdade de imprensa, inclusive, já motivou a associação a criar a cartilha “Como lidar com o assédio contra jornalistas nas redes”, lançada no início do mês passado.

O manual contém orientações importantes sobre como lidar com esses ataques na rede e, principalmente, como prezar pela privacidade dos jornalistas no mundo digital. Para quem estiver interessado, a cartilha continua disponível para download.

Facebook Comments

Lile Corrêa

Jornalista, Radialista e Recordista Bi-Mundial incluso no Guinness Book