Mais de 200 mil pessoas ligadas ao setor rural participam do movimento pró impeachment

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

Mais de 200 mil pessoas ligadas ao setor rural participam do movimento pró impeachment

capa

Ana Brito*

Com 367 votos favoráveis, a Câmara dos Deputados aprovou a autorização para o prosseguimento no Senado do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. A sessão que deu encaminhamento a esse ato histórico foi acompanhada por mais de 200 mil pessoas ligadas ao setor rural, em manifestação pacífica em torno da Esplanada dos Ministérios, em Brasília/DF, neste último domingo (17).

A concentração aconteceu na Praça Portugal com a participação da maioria das Federações de Agricultura e Pecuária, caravanas e produtores rurais.

O esquema de segurança foi muito bem elaborado, assim como a alimentação oferecida aos participantes, com café da manhã, almoço e janta. Em uma estrutura organizada pela CNA – Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil,  todos os presidentes das Federações discursaram aos produtores presentes.

De acordo o presidente da CNA, João Martins da Silva Júnior, o momento de união reflete a insatisfação do setor diante do atual cenário político do País. “Acreditamos em um país melhor e, por isso, nos posicionamos. Precisamos mostrar a força da agropecuária nesse momento tão difícil”.

O presidente do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Mauricio Saito, acredita que a mobilização dos produtores é reflexo de um campo unido e que reconhece a importância do posicionamento diante da política. “Um exemplo de como o produtor está engajado é a figura do presidente do Sindicato Rural de Bandeirantes, João Nelson Lyrio, que tem 74 anos e viajou mais de mil quilômetros de ônibus para exercer o seu direito democrático de lutar por um futuro melhor”.

Com a finalidade de acompanhar a votação da Câmara dos Deputados participaram da manifestação pró impeachment 16 caravanas de produtores rurais e colaboradores organizadas pelos sindicatos rurais de Mato Grosso do Sul.

Ao todo, foram reunidos mais de 600 produtores rurais e colaboradores de norte a sul do Estado de Mato Grosso do Sul. Em Campo Grande, uma tenda foi montada no Shopping Bosque dos Ipês para a concentração das caravanas de Três Lagoas, Dourados, Terenos e da Capital.

Na sessão de domingo, dia 17 de abril, que durou aproximadamente 10 horas, foram 367 votos favoráveis, 137 contrários, 7 abstenções e somente dois ausentes dentre os 513 deputados.