Mais dois repórteres desaparecem na Colômbia

el-mundo-imagem
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

Mais dois repórteres desaparecem na Colômbia

el-mundo-imagemPor Claudia Sanches

Enquanto cobriam o desaparecimento de uma repórter espanhola  em zona de conflito no nordeste da Colômbia, dois jornalistas desapareceram. A repórter teria sido sequestrada no fim de semana, disse o governo colombiano nesta terça-feira (24).

O canal de televisão Noticias RCN afirmou num comunicado que ocorrera “um possível sequestro” de um repórter e um cinegrafista na província de Norte de Santander, perto da fronteira com a Venezuela.

Os jornalistas estavam no município de El Tarra para cobrir o desaparecimento da colega Salud Hernández Mora, que escreve para o jornal espanhol “El Mundo” e para jornais locais e foi vista pela última vez na região no sábado.

Os comandantes do Exército e da polícia irão para a província para conduzir a busca por Salud e os outros jornalistas, disse o presidente do país, Juan Manuel Santos, nesta terça-feira.

Fontes militares e a imprensa local têm especulado que rebeldes marxistas ou grupos criminosos operando na área podem ter sido responsáveis pelos desaparecimentos, mas o governo ainda não classificou o ocorrido como sequestros.

Três outros jornalistas que estavam na região para cobrir o desaparecimento de Hernández foram retidos durante um período curto de tempo por homens armados que se identificaram como integrantes do grupo rebelde Exército de Libertação Nacional (ELN) e depois foram soltos.