Mesmo com redução de casos, Saúde intensifica combate a dengue

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

Mesmo com redução de casos, Saúde intensifica combate a dengue

Edilson José Alves*

Mesmo com a redução no número de notificações de casos de dengue, a Secretaria Municipal de Saúde, através do setor de controle de Endemias e Vetores, está intensificando o combate ao mosquito aedes aegypti, transmissor da doença. Antes, os agentes utilizavam apenas um veículo para fazer o trabalho de borrifação, agora são dois, depois de firmada parceria com a Secretaria de Estado de Saúde.

O coordenador do setor de endemias e vetores, Edilson Melgarejo, disse que a determinação do prefeito Ludimar Novais (PDT), e da Secretaria Municipal de Saúde, é para continuar intensificando as ações em todas as regiões de Ponta Porã. “Estamos com trabalho bastante intenso visando localizar possíveis criadouros para fazer a eliminação. Só com essa intensificação será possível reduzir a infestação”, destacou.

Segundo Melgarejo, em apenas 4 dias, os agentes percorreram 327 quarteirões fazendo borrifação. As regiões borrifadas são dos bairros Jardim Marambaia, Jardim Vitória, Jardim Universitário, setor 1 do centro da cidade, Parque dos Ervais, Coophafronteira, Residencial Ponta Porã, Vila Áurea, Panambi, Parque dos Ipês II, Santa Isabel e BNH. “É importante lembrar que as visitas educativas continuam ocorrendo em vários bairros e também nos distritos de Ponta Porã”, disse.

De acordo com o coordenador, nos primeiros meses deste ano foram notificados 2.585 casos de dengue, sendo que deste total, 350 casos foram confirmados com a doença. “Nosso objetivo é intensificar as visitas e as borrifações e ao mesmo tempo continuar com a campanha de conscientização junto a população, já que é de suma importância a participação de toda a comunidade na luta contra o mosquito aedes aegypti que transmite não apenas a dengue, mas também a febre chikungunya e zika virus.

No gráfico elaborado pelo setor de endemias e vetores, mostra claramente a redução da infestação do mosquito e notificação de casos suspeitos de dengue. Para se ter uma dimensão, na quinta semana deste ano foram notificados 347 casos, já na 14ª semana o número de notificações caiu para apenas 35.

Foto: Lucho Rocha