Morre em Mato Grosso aos 81 anos a jornalista Lygia Lemos

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

Morreu na madrugada desta quarta-feira (31), em Cuiabá, a jornalista Lygia Maria de Campos Lemos, por falência múltipla dos órgãos. Aos 81 anos, ela vinha enfrentado doenças degenerativas nos ossos e nos rins e estava internada nos últimos dias no Hospital Sotrauma, na capital mato-grossense.

Lygia construiu sua carreira profissional em Mato Grosso, da década de 1970 até a primeira metade da década de 1990, tendo participado da fundação dos antigos jornais Diário de Mato Grosso e Jornal do Dia.

Também participou da criação da Associação dos Jornalistas (que, na segunda metade da década de 1980, se tornou o atual Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso) e da assessoria de imprensa da Prefeitura de Cuiabá (atual Secretaria de Inovação e Comunicação).

A jornalista ainda atuou na secretária de Comunicação Social da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), até se aposentar na década de 1990.

Da redação Matheus Corrêa com informações ABI