Operador de câmera é segundo profissional do telejornal SBT Rio a morrer de covid-19

tio
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

Operador de câmera é segundo profissional do telejornal SBT Rio a morrer de covid-19

Morreu nesta terça (21) o operador de câmera do telejornal SBT Rio Robson Thiago Mesquita, aos 36 anos.
Ele é o segundo funcionário do SBT no Rio de Janeiro a morrer de covid-19. O primeiro foi o editor de imagens José Augusto Nascimento, de 57 anos.
A apresentadora do SBT Rio Isabele Benito é apontada como a primeira pessoa da sede carioca da emissora a ficar doente.
O marido dela, que ficou cinco dias no CTI, teria tido sintomas de covid-19 em 21 de março. Mesmo assim, Benito apresentou o telejornal até o dia 27.

Por volta de 30 profissionais da equipe carioca do SBT, que conta com cerca de 100 pessoas, já foram afastados.

Não conheceu a filha
Conhecido por colegas e amigos como Tio Chico, Mesquita não conheceu a filha Valentina, que nasceu há duas semanas, quando ele já estava internado por conta do coronavírus.
Na emissora desde 2014, onde ingressou como motoboy, o operador morreu após 20 dias na UTI.
Extrovertido, animado e querido por todos, Tio Chico gostava de organizar bolões, festas e homenagens aos colegas.
Em novembro amigos fizeram um chá de bebê para ele e a mulher Brunna. Um vídeo reuniu votos de saúde e felicidade à família.