Para controle do coronavírus, Paraguai testa temperatura de quem entra no país pela Ponte da Amizade

638A7A5F-E6EC-4B2F-9CEF-2CA456DB567A
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

Para controle do coronavírus, Paraguai testa temperatura de quem entra no país pela Ponte da Amizade

Cidadãos que atravessam a fronteira passam por triagem se apresentarem temperatura corporal superior a 37 graus. Cerca de 400 militares estarão auxiliando os trabalhos até o dia 25 de março.

Por RPC Foz do Iguaçu e G1 PR

Cidadãos que entram no Paraguai pela Ponte da Amizade estão sendo submetidos a um teste de temperatura. A ação, desenvolvida por autoridades de saúde paraguaias, começou neste sábado (14) e vai até o dia 25 de março para controle do novo coronavírus.

O Paraguai decretou medidas por conta da doença e suspendeu as aulas em escolas e universidades. Cerca de 30 mil brasileiros que estudam no país foram afetados.

A Ponte da Amizade liga Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, a Cidade do Leste. Cerca de 400 homens do exército paraguaio auxiliam os trabalhos na aduana.

Cidadãos que estiverem com temperatura corporal acima de 37 graus são encaminhados para uma triagem, onde precisam informar se estão com sintomas da doença. As autoridades querem saber ainda a origem e destino das pessoas.

Durante a ação, são feitas orientações para o uso do álcool em gel e proteção contra o novo coronavírus.

Até este sábado (14), o Paraguai tinha sete casos confirmados da doença, de acordo com o governo local.

Autoridades de saúde testam temperatura de quem entra no Paraguai pela Ponte da Amizade — Foto: Renan Gouvêa/RPC Foz do Iguaçu
Autoridades de saúde testam temperatura de quem entra no Paraguai pela Ponte da Amizade — Foto: Renan Gouvêa/RPC Foz do Iguaçu