Peão de MS vence campeonato mundial nos EUA e leva prêmio de US$ 1 milhão de dólares

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

Por Flávio Dias e Débora Ricaldes*, G1MS — Campo Grande

O peão sul-mato-grossense José Vitor Lemes de 23 anos, é o grande vencedor do Campeonato Mundial da PBR 2020 (Professional Bull Riders) realizado no último sábado (14), no Texas, nos Estados Unidos. O jovem que nasceu em Ribas do Rio Pardo, a 97 km de Campo Grande, levou para casa o prêmio de um milhão de dólares do evento que é considerado a copa mundial de rodeio. (Assista o momento da vitória no vídeo acima).

O jovem que antes sonhava em ser jogador de futebol, há cinco anos trocou as chuteiras pelos touros dos principais torneios de rodeio do Brasil e do mundo.

Ao G1, José Vitor Lemes contou a sensação do reconhecimento e também de ganhar o campeonato que segundo ele, na disputa, tem os melhores peões do planeta.

“É inexplicável porque a gente batalha e trabalha o ano todo só para isso, para tentar chegar lá no final e ser o campeão e quando você consegue, com certeza é só alegria. É inexplicável o sentimento, mas estou feliz por todos os meus esforços terem valido a pena e Deus ter me abençoado dessa forma, sendo o campeão mundial 2020.

Peão sul-mato-grossense leva prémio de 1 milhão de dólares após vencer campeonato mundial de rodeio nos Estados Unidos. — Foto: Arquivo Pessoal/José Vitor Lemes

Peão sul-mato-grossense leva prémio de 1 milhão de dólares após vencer campeonato mundial de rodeio nos Estados Unidos. — Foto: Arquivo Pessoal/José Vitor Lemes

Conforme Lemes, no período da temporada, há eventos durante toda semana e a preparação fica um pouco limitada, por conta da falta de tempo para se preparar de um [evento] para o outro. Em casa, no período que antecede as montarias, Vitinho como é carinhosamente chamado, também ressalta que não fica parado para não perder a forma.

“Procuro correr, me exercitar e ainda jogo muito futebol. Isso ajuda a manter meu corpo em forma. Gosto de treinar em touros também, montando aqui em casa. Aqui temos uma arena que me ajuda muito a poder estar me preparando para os eventos”, explicou ao G1.

 José Vitor Lemes durante prova da PBR em que foi campeão nos Estados Unidos. — Foto: José Vitor Lemes/Arquivo pessoal

José Vitor Lemes durante prova da PBR em que foi campeão nos Estados Unidos. — Foto: José Vitor Lemes/Arquivo pessoal

Ainda de acordo com o jovem, o campeonato da PBA é o mais importante do montarismo de touro no mundo e o único que envolve representantes de cinco países: Brasil, Austrália, Canadá, México e Estados Unidos. Conforme Lemes, todos vão em busca de estar entre os top 35 do mundo.

“Nesses países tem um campeonato nacional durante o ano, então os campeões nacionais da temporada conseguem a vaga para vir disputar aqui na América a final mundial. Esse foi meu caso, em 2017, quando venci o campeonato brasileiro e recebi a vaga para vir para cá”, relembra.