Pela primeira vez em 175 anos, AP terá uma mulher negra como CEO

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print
Redação Portal IMPRENSA
Pela primeira vez em 175 anos de existência, a Associated Press terá uma CEO mulher e negra. Daisy Veerasingham, até então vice-presidente executiva e diretora de operações da agência internacional de notícias, foi nomeada nesta terça-feira para substituir Gaty Pruitt, que liderava a agência desde 2012.
Veerasingham é britânica com descendência do Sri Lanka. Segundo comunicado da AP, “sua nomeação mostra a mudança no retrato da agência”, já que 40% das receitas são geradas fora dos Estados Unidos – porcentagem que representa o dobro do que há 15 anos.
Crédito:Reprodução/AP
Daisy Veerasingham CEO da AP
Daisy Veerasingham é a nova CEO da Associated Press
A nova CEO chegou à AP em 2004, como diretora de vendas em Londres. Passou pela área de licenciamento de conteúdo e marketing em países da Europa, Oriente Médio, África, Ásia e Austrália, durante o processo de expansão da agência, e no início deste ano, passou a comandar a diretoria de operações.
No novo cargo, ela terá como principal função a diversificação das fontes de receita. Assim como grande parte das empresas de comunicação, a AP viu sua receita cair cerca de 25% na última década.  Veerasingham disse que quer continuar lutando pela liberdade de imprensa e ao acesso à informação.
“Esses são valores fundamentais para a AP desde sua fundação, há 175 anos”, disse ela em entrevista. “Eu acho que eles são realmente mais importantes hoje.”