Pesquisadores usam borra de café para recuperar florestas tropicais

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

Foto: Rebecca Cole

Foto: Rebecca Cole

Um pesquisa realizada pelas Universidade de Zurique e Havaí utilizou borra de café para revitalizar florestas, num estudo inédito, publicado no Reino Unido.

Os cientistas utilizaram um trecho natural degradao, na Costa Rica, com área de 40 a 30 metros, no qual utilizaram 30 caminhões e borrifaram toneladas da borra de café, que seriam descartadas.

A área utilizada na Costa Rica  foi desmatada na década de 1950 para dar lugar à agricultura intensiva e que agora felizmente está envolvida em um plano de reflorestamento.

Resultados

Os resultados foram comparados com uma área vizinha do mesmo tamanho e no mesmo território onde não havia a utilização do material.

Na área tratada com o café, 80% do terreno foi coberto com árvores, enquanto na outra área 20% do terreno tinham espécies arbustivas desenvolvidas.

Além das árvores nascidas da polpa do café elas eram 4 vezes maiores do que os do solo não tratado.

Com isso, os pesquisadores comprovaram os benefícios dos resíduos do café e da capacidade de recuperar as áreas desmatadas e degradadas.

A professora Rebecca Cole, chefe do estudo, explicou:

“Os resultados foram inesperados e extraordinários. A área tratada com uma espessa camada de polpa de café se transformou em uma densa floresta de árvores em dois anos, enquanto na outra área, a da amostra, nada além de grama e mato cresceu ”

Fertilizante poderoso

Resíduos de café não só contêm muitos micronutrientes que fertilizam o solo e promovem o crescimento rápido, como fósforo e nitrogênio.

É por isso que é um fertilizante natural muito poderoso, mas também tem o benefício secundário de criar uma barreira no solo que bloqueia o crescimento de ervas e ervas daninhas, retirando a luz do sol.

O extrato estimula o crescimento, facilitando o repovoamento rápido das espécies nativas.

“Este estudo sugere claramente que os produtos agrícolas podem ser reutilizados para acelerar a recuperação de florestas em terras tropicais degradadas. É uma situação em que todos ganham”, explica Cole.

Por Andréa Fassina, da redação do Só Notícia Boa – Com informações do Pozitizie