Pilotando a bike “Boitatá”, Rubem “maninho” vai pedalar 4.600 km

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

O nome da bike é “boitatá” que em tupi-guarani é “cobra de fogo” devido ao número de luzes que tem na bike, que ajuda na segurança na rodovia

Em entrevista ao Jornal da Líder Rubem Dos Reis Duarte contou ao radialista Ever Alexandre Colman Nunes e ao jornalista Lile Correa que neste mês de julho de 2017 fará a cicloviagem “Arachão”.

Rubem Duarte vai sair de Aracaju no Sergipe até Alter do Chão no estado do Pará “a previsão de fazer o percurso em 80 dias num total de 4.600 km com uma bagagem de 48 kg na garupa carregando pouco de tudo (barraca, colchonete, saco de dormir, fogareiro, ferramentas) o nome da bike é “boitatá” que em tupi-guarani é “cobra de fogo” devido ao número de luzes que tem na bike, que ajuda na segurança na rodovia”.

O ciclista pontaporanense Rubem Duarte “Maninho”, 59 anos, contou ao Jornal Che Fronteira e a Rádio Líder FM 104,9 de Ponta Porã sobre suas aventuras em cicloviagem pedalando pelas estradas da América Latina e Brasil.

Ele tem o incentivo da família, ha cerca de 11 anos que Maninho pratica a cicloviagem e tem apoio e admiração da esposa Aline e dos filhos Chiara (30) que leva o nome da empresa Chiara Guinchos, Willian (28) e Marcelo (22) e a neta Isabella de 10 meses.

De acordo com Rubem Duarte a primeira cicloviagem foi de Ponta Porã à Amambai percorrendo em 4 h 52 min (102,1 kmvia MS-386. Depois veio a viagem de Ponta Porã, Princesinha dos Ervais até Campo Grande a Cidade Morena foram 14 h 20 min (297,3 kmvia MS-164 “levei dois dias pra chegar porque ia parando registrando em fotos e videos a viagem”, mencionou Maninho.

A terceira viagem foi de Ponta Porã até Corumbá, a Cidade Branca 28 h (561,9 kmvia BR-262 “foram quatro dias contemplando o pantanal sul-mato-grossense”, destacou Rubem.

Segundo Maninho “a cicloviagem “Araporã” de Aracaju Sergipe à São Paulo capital foram 34 dias 3110 km sendo assim no ano seguinte foi a cicloviagem “de Ponta à Punta” foram 62 dias num total de 3535 km entrando no Uruguay pelo Chuí e dando a volta pelo litoral até Bella Union-Uruguai entrando  no Brasil por Barra do Quarai e Uruguaiana”.

Maninho lembrou também da cicloviagem “Estrada Real” começando por Curitiba Paraná indo pelo Litoral até Ubatuba SP e seguindo até Ouro Preto em Minas Gerais.

Emissora Lider​ entrevista Rubem Dos Reis Duarte​ que fala sob…

Emissora Lider entrevista Rubem Dos Reis Duarte que fala sobre cicloviagem

Posted by Clube de Imprensa on Saturday, July 8, 2017

Legenda: Pilotando a bike “Boitatá”, Rubem “maninho” vai pedalar 4.600 km (Fotos Lelo Marques Almeida)