Clube de Imprensa

Ponta Agrotec 2024 traz Mesa Redonda da Embrapa Agropecuária Oeste sobre Sistema Antecipasto com Luís Zago Machado


Na Ponta Agrotec 2024, os participantes assistirão a palestra “O que é o Antecipasto? Porque consorciar forrageiro com a soja”, ministrada pelo pesquisador Luís Armando Zago Machado, da Embrapa Agropecuária Oeste. O evento promete trazer conhecimentos valiosos sobre a integração lavoura-pecuária e como maximizar a produtividade de pastagens e soja através do sistema Antecipasto. A terceira edição da Ponta Agrotec acontece entre os dias 12 e 15 de junho, no Majestic Hall, em Ponta Porã/MS.

O Antecipasto, um inovador sistema de consórcio de soja com forrageira, envolve a semeadura do capim após a emergência da soja, nas entrelinhas. Essa técnica permite antecipar a formação de pastagem sem reduzir a produtividade da oleaginosa. O sistema favorece a diversificação de pastagens e intensifica a produção em sistemas de Integração Lavoura-Pecuária (ILP), proporcionando uma solução tecnológica que antecipa a formação da pastagem em até 30 dias. Isso garante que o rebanho tenha pasto disponível por mais tempo, especialmente durante a estação seca/inverno, quando a alimentação adequada dos animais se torna um desafio para os produtores.

Durante a palestra, Luís Armando Zago Machado compartilha mais de 20 anos de pesquisa e desenvolvimento desta técnica. O trabalho inicial começou na Embrapa Arroz e Feijão com a braquiária, enfrentando o desafio de compatibilizar o porte baixo da soja com o vigor dos capins. Após alguns anos de interrupção no início dos anos 2000, as pesquisas retomaram, levando ao desenvolvimento do sistema Antecipasto.

O pesquisador explica como a seleção de cultivares de capim adequados, como o Tamani, que possui porte baixo e crescimento inicial lento, superou os desafios iniciais. A prática de semear o capim após a emergência da soja, retardando sua semeadura em duas a três semanas, resultou em um controle eficiente do crescimento do capim sem afetar o rendimento da soja.

Os benefícios dessa abordagem são significativos, incluindo a eliminação da necessidade de múltiplos controles de crescimento do capim e a redução da competição entre as plantas. O resultado é uma lavoura com rendimento normal de soja e a formação subsequente de pastagem, oferecendo um casamento perfeito entre as culturas e a pecuária.

Na mesa redonda Embrapa também estarão presentes Rodrigo Arroyo Garcia, Cristiano Taufer e Carlos Eduardo Barbosa, trazendo os aspectos agronômicos, a aplicação do maquinário e o case de sucesso da Estância Rosa Branca de Rio Brilhante para o debate.

A Ponta Agrotec é uma feira que acontece entre os dias 12 e 15 de junho, reunindo especialistas, produtores e empresas do setor agrícola para discutir inovações, técnicas e desafios do agronegócio. Realizada no Majestic Hall, em Ponta Porã/MS, a feira promete ser um ponto de encontro essencial para aqueles que buscam aprimorar seus conhecimentos e práticas no campo.

Para mais informações sobre a palestra e a programação completa da Ponta Agrotec, visite o site oficial do evento www.pontaagrotec.com.br ou as redes sociais. Instagram/Facebook: @pontaagrotec

Foto tirada quatro dias após a colheita da leguminosa. Crédito: Embrapa

Serviço:
● Evento: Ponta Agrotec 2024
● Data: 12 a 15 de junho de 2024
● Local: Majestic Hall, Rodovia BR 463, Km 107, Ponta Porã/MS ● Entrada gratuita