Prefeito de Ponta Porã-MS fala ao UOL e reitera: “fronteira é harmônica”

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

Site de notícias internacional ouve prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo Filho em matéria especial sobre a região fronteiriça

Site de notícias UOL, um dos maiores do Brasil e referência mundial em meio de comunicação, entrevistou na manhã desta quinta-feira, 30, o prefeito Hélio Peluffo Filho, quando ouviu depoimento do Chefe do Poder Executivo pontaporanense que a “fronteira é harmônica e uma terra de oportunidades”. A entrevista foi concedida aos repórteres Luís Adorno e Marina Dias.


O prefeito Hélio Peluffo falou sobre o dia a dia na fronteira
, destacando que a região precisa de um olhar diferenciado do Governo Federal na área de segurança pública. “Temos a guarda civil, mas município e Estado não têm como controlar, fiscalizar tudo. Essa responsabilidade é do Governo Federal que ainda não tem uma política direta e com resolutibilidade” destacou.

O prefeito Hélio Peluffo disse que a rotina na fronteira é “tranquila e harmônica em todos os aspectos. Temos pessoas que vivem de um lado e trabalham no outro, cruzam a linha internacional todos os dias. Vocês estão aqui e viram essa tranquilidade, essa vida de uma conurbação pacífica e plenamente fronteiriça”, enfatizou o prefeito.

Questionado sobre sua opinião em relação à fuga de presos recentemente registrada no presídio em Pedro Juan, o prefeito disse que “como morador ficamos preocupados, mas sabemos dessa fragilidade”. Ele citou que o Paraguai vive um momento de intenso crescimento econômico e social e o Brasil ainda não se atentou para tal. “O Paraguai vem crescendo a níveis da Ásia e daqui a pouco estaremos ultrapassados e o Brasil deve assumir seu papel de liderança na América do Sul e assumir responsabilidades, como a questão da segurança públicanas nossas fronteiras”, afirmou o prefeito Hélio.

A reportagem do UOL questionou o prefeito Hélio Peluffo sobre a economia fronteiriça, e o prefeito citou que a fronteira oferece inúmeras oportunidades. “Disso não temos dúvida. Temos aqui pessoas de bem, trabalhadoras, famílias inteiras que cresceram aqui. Eu sou um exemplo. Meu pai, brasileiro, atravessou a fronteira para participar de um baile em Pedro Juan Caballero, e lá conheceu uma paraguaia que veio a ser minha mãe e hoje estou aqui”, testemunhou. “Essa é a nossa fronteira”, resumiu.

Outro exemplo dado foi os pais que residem em Pedro Juan Caballero e matriculam os filhos no lado brasileiro. “Se estivéssemos em época de aulas, você poderia registrar a travessia da fronteira de crianças que frequentam nossas escolas municipais”, citando a escola municipal ´Ramiro Noronha´.

Ao final da entrevista, o prefeito Hélio Peluffo agradeceu a visita do site de notícias dando a oportunidade para apresentar um pouco da fronteira. “Vocês estão vendo que por aqui nosso dia a dia é de harmonia plena, tranquila. Atravessamos a linha internacional todos os dias e assim vivemos, criamos nossos filhos e acreditando sempre, no pleno desenvolvimento e em um futuro bom para todos nós”, ponderou o prefeito.