Prefeito de Ponta Porã-MS fala ao UOL e reitera: “fronteira é harmônica”

30CB28FB-5242-427F-91B5-9FC7E488F1A8
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

Prefeito de Ponta Porã-MS fala ao UOL e reitera: “fronteira é harmônica”

Site de notícias internacional ouve prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo Filho em matéria especial sobre a região fronteiriça

Site de notícias UOL, um dos maiores do Brasil e referência mundial em meio de comunicação, entrevistou na manhã desta quinta-feira, 30, o prefeito Hélio Peluffo Filho, quando ouviu depoimento do Chefe do Poder Executivo pontaporanense que a “fronteira é harmônica e uma terra de oportunidades”. A entrevista foi concedida aos repórteres Luís Adorno e Marina Dias.


O prefeito Hélio Peluffo falou sobre o dia a dia na fronteira
, destacando que a região precisa de um olhar diferenciado do Governo Federal na área de segurança pública. “Temos a guarda civil, mas município e Estado não têm como controlar, fiscalizar tudo. Essa responsabilidade é do Governo Federal que ainda não tem uma política direta e com resolutibilidade” destacou.

O prefeito Hélio Peluffo disse que a rotina na fronteira é “tranquila e harmônica em todos os aspectos. Temos pessoas que vivem de um lado e trabalham no outro, cruzam a linha internacional todos os dias. Vocês estão aqui e viram essa tranquilidade, essa vida de uma conurbação pacífica e plenamente fronteiriça”, enfatizou o prefeito.

Questionado sobre sua opinião em relação à fuga de presos recentemente registrada no presídio em Pedro Juan, o prefeito disse que “como morador ficamos preocupados, mas sabemos dessa fragilidade”. Ele citou que o Paraguai vive um momento de intenso crescimento econômico e social e o Brasil ainda não se atentou para tal. “O Paraguai vem crescendo a níveis da Ásia e daqui a pouco estaremos ultrapassados e o Brasil deve assumir seu papel de liderança na América do Sul e assumir responsabilidades, como a questão da segurança públicanas nossas fronteiras”, afirmou o prefeito Hélio.

A reportagem do UOL questionou o prefeito Hélio Peluffo sobre a economia fronteiriça, e o prefeito citou que a fronteira oferece inúmeras oportunidades. “Disso não temos dúvida. Temos aqui pessoas de bem, trabalhadoras, famílias inteiras que cresceram aqui. Eu sou um exemplo. Meu pai, brasileiro, atravessou a fronteira para participar de um baile em Pedro Juan Caballero, e lá conheceu uma paraguaia que veio a ser minha mãe e hoje estou aqui”, testemunhou. “Essa é a nossa fronteira”, resumiu.

Outro exemplo dado foi os pais que residem em Pedro Juan Caballero e matriculam os filhos no lado brasileiro. “Se estivéssemos em época de aulas, você poderia registrar a travessia da fronteira de crianças que frequentam nossas escolas municipais”, citando a escola municipal ´Ramiro Noronha´.

Ao final da entrevista, o prefeito Hélio Peluffo agradeceu a visita do site de notícias dando a oportunidade para apresentar um pouco da fronteira. “Vocês estão vendo que por aqui nosso dia a dia é de harmonia plena, tranquila. Atravessamos a linha internacional todos os dias e assim vivemos, criamos nossos filhos e acreditando sempre, no pleno desenvolvimento e em um futuro bom para todos nós”, ponderou o prefeito.