Clube de Imprensa

Prefeito Eduardo Campos entrega CAPS I à comunidade

 Ponta Porã evolui no atendimento psicossocial e passa a ser exemplo
O Prefeito Eduardo Campos e o Secretário de Municipal de Saúde, Patrick Derzi, entregaram na manhã desta quarta-feira, 27, a nova unidade do CAPS I, localizado na Avenida São João. O investimento nesta obra foi de R$ 2.047.740,06 e teve apoio importante do Senador Nelsinho Trad, que destinou emenda parlamentar no valor de R$ 1.428.000,00 para a realização desta obra.
A contrapartida da Prefeitura foi de R$ 619.740,06.
O Prefeito Eduardo Campos disse que “É gratificante começar o dia e realizar a entrega de uma obra tão importante como a do CAPS I. Faço questão de agradecer ao Senador Nelsinho Trad, que destinou verba para a construção desta unidade. Reforço a parceria com a Câmara de Vereadores, que sempre está ao lado do Poder Executivo em pautas importantes para o desenvolvimento de Ponta Porã. Aqui, vamos tornar a vida das pessoas mais leve, com projetos de grande alcance social, com profissionais capacitados para atender a nossa população”, destacou.
Patrick Derzi deixa o comando da pasta da Saúde na semana que vem, onde está desde 2017, segundo anunciado pelo Prefeito Eduardo Campos. “Patrick nos deixa e faço aqui um agradecimento público ao grande trabalho realizado durante estes anos. Muito obrigado Patrick Derzi por ombrear conosco os desafios superados com muito trabalho”, afirmou Eduardo Campos.

O Prefeito Eduardo Campos fez questão de agradecer ao ex-Prefeito Hélio Peluffo que iniciou o projeto de construção do CAPS I. “Quis o destino que nós realizássemos esta entrega, mas não podemos deixar de agradecer quem iniciou, lá atrás, a realização deste sonho”, finalizou Campos.
O Secretário Municipal de Saúde recordou as condições do CAPS, quando assumiu em 2017. “Era um prédio sujo, com mal cheiro, em condições precárias. Hoje, Ponta Porã é um exemplo de acolhimento e atendimento no que se refere aos CAPS. Fizemos uma gestão de enfrentamento e hoje somos exemplos para o Estado em atendimento psicossocial. Agradeço a toda minha equipe pelo empenho e dedicação nestes anos todos”.

O Presidente da Câmara Municipal, Agnaldo Miudinho, reforçou a parceria daquela casa com o Poder Executivo. “ Essa Legislatura é parceira do Poder Executivo e através desta parceria, juntamos pessoas de bem para trabalhar em prol do desenvolvimento de Ponta Porã. Temos a consciência do que precisa ser feito e não podemos perder o foco. Agradecemos ao Senador Nelsinho Trad, pela destinação não só desta, mas de todas as emendas destinadas à Ponta Porã”, disse Agnaldo Miudinho em sua fala.

O Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil (CAPSi) é uma unidade especializada em saúde mental para tratamento de reinserção social de pessoas com transtorno mental grave e persistente. É voltado ao atendimento de crianças e adolescentes portadores de transtornos mentais severos e persistentes e/ou dependentes de álcool ou outras drogas.

O atendimento é realizado a livre demanda, o acolhimento é uma diretriz da Política Nacional de Humanização (PNH), e faz parte de todos os encontros do serviço de saúde. É uma postura ética que implica na escuta do usuário em suas queixas, no reconhecimento do seu protagonismo no processo de saúde e adoecimento, e na responsabilização pela resolução, com ativação de redes de compartilhamento de saberes.
Atualmente conta com 1572 pacientes cadastrados nesta unidade, destes 1014 ATIVOS, que possuem vários diagnósticos, como por exemplo, transtorno bipolar, esquizofrênicos, transtornos de déficit de atenção e hiperatividade, autistas, tentativas de suicídios ou ideação com quadros de alto mutilação e sintomas depressivos moderados a graves e quadros ansiosos e também alguns pacientes neurológicos associados com quadro psiquiátrico, também diagnósticos mentais como transtorno desafiador opositor e pacientes usuários de álcool e droga menores de 18 anos.

Diariamente são atendidas em torno de 60 pacientes. Estes atendimentos são distribuídos entre consultas individuais e coletivas com Médico Clinico Geral, Médico Psiquiatra, Psicólogas, Pedagoga e enfermagem.
O CAPS I conta também com outros acompanhamentos, tais como:
Visita domiciliar semanal com equipe Multiprofissional; oficinas terapêuticas semanais; grupo dos adolescentes semanal; reunião de equipe Multiprofissional para discutir o projeto terapêutico – PTS; acolhimento Inicial diariamente; matriciamento de equipe de Atenção Básica e ações de articulações de rede intra e intersetoriais.

Participaram da inauguração do CAPS I, o Prefeito Eduardo Campos e a Primeira-dama Paula Consalter Campos, os Secretários Municipais Fábio Caffarena, André Manosso, Patrick Derzi, Thalita Antunes Klais, Raquel Lageano, Vera Lúcia Oliveira e os Adjuntos Candinho Gabínio,  Ângela Derzi e Frederico Antônio de Moraes, além do Procurador-geral Ricardo Soares e o Diretor Presidente do PREVIPORÃ, Rafael Fração de Oliveira.

Participaram ainda os Vereadores Agnaldo Miudinho, Nely Abdulahad, Kamila Alvarenga, Lourdes Monteiro, Thiago Vedana, Jelson Bernabé, Vanderlei Avelino, Marcelino Nunes de Oliveira e Edevaldo Matoso.
* Diretoria de Comunicação