Presidente do Sindicato Rural anuncia que não haverá Exporã este ano

5D7525A3-B2B1-4265-8243-D170FCEB6DC3
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

Presidente do Sindicato Rural anuncia que não haverá Exporã este ano

Sindicato Rural não realizará Exporã este ano em Ponta Porã

Lile Corrêa*

O presidente do Sindicato Rural de Ponta Porã, pecuarista e advogado André Cardinal Quintino, informou na terça-feira, dia 12 de fevereiro, que não será possível realizar a Exporã 2020. O Sindicato Rural de Ponta Porã alegou que por falta de recursos financeiros, impede a realização da Exposição Agropecuária de Ponta Porã.

De acordo com André Cardinal, “meu avô começou a Exporã a 45 anos, infelizmente coube a mim não realizar a Exposição esse ano, ano passado mudamos o formato de 10 para 5 dias, mesmo assim tivemos prejuízo de mais de 100 mil reais, não podemos realizar uma Exposição e comprometer o patrimônio da entidade sindical, estamos comunicando aos nossos parceiros da Exporã sobre a não realização do evento, agradecendo à todos que ao longo dos anos continuam apoiando o Sindicato Rural”.

André Cardinal mencionou que “a Exposição faz parte de Ponta Porã, pelo tamanho de Ponta Porã, pela proporção e o que representa no estado, no Agronegócio, somos o segundo maior produtor de soja, muito fortes na pecuária, mas não temos condições de realizar a Exposição”.

O presidente do Sindicato Rural lembrou que “nos eramos a primeira exposição do Estado, a Exporã ditava preço sobre o comércio de Touros, foi uma época em que a Pecuária funcionava diferente, quando a Pecuária caiu abriu espaço para a agricultura, agora temos soja em toda parte, se não tem espaço pro gado intensifica a agricultura com tecnologia, acabou o Gado de argola e os leilões foram diminuindo para os leilões on-line”.

Segundo André Cardinal “quem ficava por ultimo conosco foi a Cia Mate Laranjeira realizando Leilões, provavelmente teremos leilões virtuais que é o que esta acontecendo com o gado magro em todo Brasil”.

No dia 17 de dezembro, associados do Sindicato Rural de Ponta Porã participaram no Parque de Exposição Alcindo Pereira de uma Assembléia Geral Ordinária. No encontro, foi aprovado a previsão orçamentária para o Exercício 2020 e “foi lembrado das propostas recebidas para realização ou não da Exporã 2020” destacou Andre Cardinal na época.

Finalizando André mencionou “gostaríamos de continuar realizando a Exporã, temos algumas hipóteses para realizar um evento técnico, alguma coisa para atender o produtor rural, sem visar o público, um evento com palestras, simpósio, tudo isso esta ainda sendo pensado, não foi viabilizado ainda, estamos planejando”.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Sindicato Rural de Ponta Porã, tradicionalmente vem realizando por quarenta e cinco anos a EXPORÃ, Exposição Agropecuária de Ponta Porã. Evento que se consolidou com o passar de décadas como um importante difusor de tecnologias para o setor econômico do agronegócio da região, bem como, um grande polo de entretenimento e cultura de nossa cidade.O tempo passou e o formato das exposições foram se alterando para se adequar a tais mudanças. Houve uma grande mudança na matriz produtiva no setor agropecuário de Ponta Porã, onde se praticava a pecuária, hoje se vê grãos. O público visitante das exposições também se modificou de modo significativo com o passar dos anos, as expectativas, as necessidades, os interesses desses públicos mudaram.Esses fatores sempre foram cuidadosamente analisados e respeitados pela diretoria do Sindicato Rural de Ponta Porã para a realização das exposições. No entanto, os fatores mais impactantes para a viabilização de um evento como esse e os quais não se tem gerenciamento são os fatores econômicos, sociais e legais, tais fatores acometem diretamente a viabilidade de tamanho empreendimento.Diante dos inúmeros problemas econômicos pelos quais nosso país vem passando, bem como, questões pontuais e legais relativas à própria estrutura da  exposição, que com muita tristeza, a Diretoria do Sindicato Rural de Ponta Porã, informa a impossibilidade de se produzir a edição da EXPORÃ, em março desse ano.Prezando pela sociedade ponta-poranense, que sempre prestigiou e abrilhantou as nossas exposições, a Diretoria do Sindicato Rural de Ponta Porã, reconhece a participação de todo o povo de Ponta Porã nesses 45 anos de história da EXPORÃ, e agradece de modo veemente, sabendo que jamais seria possível conduzir a EXPORÃ sem tal participação.
Esperando que o futuro próximo propicie melhorias setoriais, econômicas e sociais, a diretoria do Sindicato Rural de Ponta Porã, se fará sempre atuante na proteção dos interesses do agronegócio de nosso município. Almejando entre outras possibilidades, a continuidade das tão importantes Exposições Agropecuárias para o nosso município.