Preso suspeito de participar do assassinato de jornalista em Santa Luzia

mauricio
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

Preso suspeito de participar do assassinato de jornalista em Santa Luzia

Redação Portal Sucesso*

A Polícia Militar de Minas Gerais prendeu, na noite de domingo (10/05), um homem suspeito de participação no assassinato do jornalista Maurício Campos Rosa (foto), do jornal O Grito, em Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte.
Crédito: Reprodução Facebook
O crime ocorreu na noite de 17 de agosto de 2016, quando Maurício estava próximo ao carro com identificação do jornal. O jornalista foi morto com cinco tiros, um no pescoço e quatro nas costas.

A então prefeita de Santa Luzia  Roseli Ferreira Pimentel chegou a ser presa no dia 7 de setembro de 2017 por suspeita de envolvimento na morte do profissional, mas foi solta por determinação do STJ (Superior Tribunal de Justiça). Ela e outro sete acusados do crime vão à júri popular pela participação no crime.

Paulo César Florindo de Almeida, de 30 anos, foi preso em uma blitz na região metropolitana de Belo Horizonte por dirigir um veículo com excesso de passageiros.

Ele se apresentou com um documento falso, mas a polícia desconfiou. Ao descobrirem seu nome verdadeiro, os policiais verificaram que ele estava foragido da Justiça desde 2017 por causa da morte do jornalista.