Clube de Imprensa

Produtores de MS acessaram R$ 14 bi em Crédito Rural no segundo semestre de 2023

Montante é 10% maior que valor contratado no mesmo período de 2022.

Os produtores rurais de Mato Grosso do Sul acessaram R$ 14 bilhões entre julho e dezembro de 2023, por meio do crédito rural do Plano Safra 23/24. O montante é 10% maior que o valor contratado na safra anterior.

De acordo com levantamento realizado pelo Departamento Técnico da Famasul, nesta segunda-feira (15), no segundo semestre do ano passado foram assinados 22,3 mil contratos de crédito. Do montante total, a maior parte foi para produção agrícola, com 72,5% do crédito contratado. Em segundo lugar ficou a pecuária, com 27,4%.

“A maior parte do crédito rural acessado foi para custeio, cerca de 72,1%. Em seguida vem 15% para investimentos, 10% para comercialização e 2% para industrialização. Isso mostra que o produtor rural do estado está buscando crédito para evoluir sua produção de forma constante”, analisa o economista Jean Américo, do Departamento Técnico da Famasul.

Dos 22,3 mil contratos firmados nos últimos seis meses do ano passado, 3,8 mil foram de produtores do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar) com acesso a R$ 217,8 milhões. Outros 5,5 mil contratos foram acessados por meio do Pronamp (Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural) com R$ 1,8 bilhão.

CRÉDITO RURAL NACIONAL

No Brasil, 1.240.096 de contratos de crédito foram firmados entre julho e dezembro do ano passado, com valor de R$ 251,65 bilhões, sendo que o valor médio por contrato foi de R$ 202.929,64. O valor total acessado no período, representou um aumento de 16,55% quando comparado ao que foi acessado no mesmo período do ano anterior.

Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul – Leandro Abreu

Pular para o conteúdo