Clube de Imprensa

Profissionais de comunicação ajudam Instituto que faz caridade a não fechar as portas

©DIVULGAÇÃO

O jornalista Ogg Ibrahim e os diretores, Carlos Wagner e João Paulo Balta produziram, como voluntários, um vídeo institucional que conta um pouco da história e dos propósitos sociais do Instituto Luther King, fundado em Campo Grande-MS em 2003 e que já contribuiu, com estudos gratuitos, preparatórios para o vestibular e ENEM, para que milhares de jovens ingressassem nas melhores universidades públicas do país.

Sensibilizados com as dificuldades econômicas que a entidade tem enfrentado nesses últimos anos, eles resolveram ajudar dessa forma para que a mensagem atravessasse divisas do Estado e as fronteiras do País, para alcançar aqueles que valorizam trabalhos dessa natureza e que têm condições de ajudar, com doações financeiras, para que esse projeto não seja extinto.

Inspirado no ativista negro Martin Luther King, um ícone na luta contra o preconceito e a discriminação social, autor da famosa frase: “Eu tenho um sonho!”, o juiz aposentado Aleixo Paraguassu Neto fundou o instituto em 2003, para ajudar jovens e adultos (negros, brancos, índios e portadores de deficiência) carentes.

O professor Jairo Garay R. de Oliveira, diretor do instituto, diz que a instituição precisa de apoio financeiro da comunidade, especialmente de empresários, para poder continuar com seu trabalho de educação e preparação de alunos para ingressar na faculdade.

Os profissionais de comunicação, Ogg Ibrahim, Carlos Wagner e João Paulo Balta disseram que ficaram muito sensibilizados com a grandiosidade desse projeto. Depois que souberam que a entidade vinha fazendo até bazares para arrecadar fundos para se manter, eles resolveram de pronto ajudar dessa forma, produzindo um vídeo com depoimentos e entrevistas além de um pouco da história do Instituto.  Foi um trabalho profissional, com duração de 11’27” e que já está disponível ao público na internet neste link.

“Sentimos que é nosso dever ajudar nosso próximo. Sabemos que o Instituto Luther King já tirou centenas de famílias da linha de pobreza, por conta do ensino superior que proporcionou a jovens e adultos de baixa renda. A produção desse vídeo foi o mínimo que pudemos fazer para ajudar nossa comunidade”, afirmou Carlos Wagner, diretor.

O jornalista Ogg Ibrahim também não pensou duas vezes em entrar de cabeça nesse projeto. Fez toda locução e entrevistas e ajudou na edição deste trabalho altamente profissional.

João Paulo Balta também se sente realizado em poder ajudar uma causa tão nobre.

E o sentimento de gratidão dos alunos pode ser constatado no depoimento da indígena Walkíria Aparecida Benites, que até 2011 trabalhava de gari, até ingressar na faculdade, por intermédio do instituto, e se formar como bióloga.  Nayara Silva de Mello, no segundo ano de medicina, também é eternamente grata ao instituto, que foi fundamental em sua vida, oferecendo-lhe um ensino de alta qualidade, que lhe permitiu realizar esse sonho.

Doações

A coordenadora administrativa do Instituto, Tereza Raquel M. Espinosa informa o PIX da instituição, para as doações: 05.530.281/0001-08. A conta bancária: Banco do Brasil / Agência: 2916-5 / Conta Corrente 216.604-6, também é opção para os doadores. Para maiores informações: +55 67 99253-0075.

*Ass. Imp. voluntário do Instituto Luther King