Regularização e titularização dos lotes dos assentamentos foi debatida em reunião na Itamarati em Ponta Porã

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

Lile Corrêa*

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Ponta Porã, liderados por Orelio Maciel com a participação dos moradores do Distrito Nova Itamarati, participaram de uma reunião de trabalho na manhã de sexta-feira, dia 22 de abril na Associação Ampai Itamarati.

“O objetivo da reunião foi realizar um levantamento para fazer a regularização fundiária, e em alguns casos, a titularização das propriedades”, mencionou Orelio Maciel

Na oportunidade esteve presente o secretário de Política Agrária da Contag, Zenildo Pereira Xavier, o secretário de Reforma Agrária e Agrícola da FETAGRI (Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de MS), Ramiro Moisés.

A Secretaria de Política Agrária é o braço da CONTAG que coordena as ações para a desapropriação de terras, a organização e a sustentação dos assentamentos, o combate à violência no campo e a regularização fundiária. O Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR) defende a necessidade de realizar urgentemente uma reforma agrária ampla, massiva, de qualidade e participativa como instrumento estratégico e essencial para implantar e consolidar um padrão de desenvolvimento rural efetivamente sustentável e solidário. Portanto, essa é uma das bandeiras de luta mais antigas do MSTTR.

Na reunião Orelio Maciel lembrou que “estivemos em Campo Grande em Assembléia na Fetagri, com a presença do Superintendente do Incra, Humberto Melo e com o Procurador do Incra, Algemiro, no dia 4 de março, quando foi feito a deliberação sobre regularização e titularizacao dos lotes da Itamarati,  e o nosso Sindicato e a Federação vai trabalhar neste sentido”.