Repercute fechamento de emissora na fronteira

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

Fechamento de emissora na fronteira causa prejuízo à evangelização de paraguaios e brasileiros

“Nosso objetivo é dar uma direção espiritual para as pessoas, porque algumas buscam o suicídio, são muitas as pessoas que através do programa “Despertando com o Senhor” das 6h30 às 7h30 buscavam autoajuda, pela condução do programa que chegava até as famílias, nas casas, no trabalho, as pessoas se abasteciam logo de manhã cedo desta espiritualidade”, mencionou o Padre Paulo do Nascimento na manhã desta quinta-feira (08/12) ao vivo na Rádio Líder FM 104,9 de Ponta Porã.

Ao jornalista Lile Corrêa e ao radialista Ever Alexandre durante o Jornal da Líder, das 11h às 12h20, padre Paulo do Nascimento da Paróquia São José mencionou que tinha seu programa veiculado pela emissora Nossa Senhora do Perpetuo Socorro FM 106,3 de Pedro Juan Caballero, quando no dia 28/11 foi comunicado pelo Padre Leonardo Valdez que a Conatel determinou a paralisação dos trabalhos da emissora que trabalha com evangelização na fronteira alegando interferência em outras frequências de rádio transmissores.

De acordo com Padre Paulo “infelizmente a rádio está fechada, não sabemos até quando, esperamos que tão brevemente volte a funcionar esta emissora de tão grande valia para a nossa fronteira”. Enquanto isso não acontece o programa apresentado pelo Padre Paulo deverá ser veiculada no site da Paróquia através da internet.

Os comunicadores da Líder FM convidaram padre Paulo para levar a mensagem de evangelização “neste tempo de advento que antecede o Natal através da programação Líder FM que além da mensagem de fé e esperança também sorteia prêmios aos ouvintes diariamente”.

Câmara de Ponta Porã

O vereador Cesar Matosso ao usar a tribuna na sessão ordinária da Câmara Municipal de Vereadores de Ponta Porã, na tarde desta quinta-feira lamentou que “a Conatel tenha tirado do ar uma programação que trabalha com a evangelização de paraguaios e brasileiros, tirando do ar uma rádio que tem levado boas notícias à população, enquanto tem emissoras piratas que só levam notícias ruins aos ouvintes”. O vereador do PT do B se solidarizou com a comunidade católica que ficou “sem um importante veículo de comunicação e conclamou os colegas concejales (vereadores paraguaios) para que trabalhem em favor do retorno da FM 106,3”. Ele parabenizou a direção e funcionários da emissora Líder que abriu espaço no seu jornalismo para que a mensagem de evangelização possa chegar aos ouvintes da fronteira.

Legenda: Comunicadores Ever Alexandre e Luiz Lobato com Padre Paulo (ao centro) durante entrevista na emissora – Foto Lile Correa

Legenda: Lile Correa entrevista Padre Paulo do Nascimento – Foto Ever Alexandre