Repórter de esportes sofre assédio de torcedor durante embarque de jogadores

Redação Portal IMPRENSA

Mais um episódio de assédio contra mulheres jornalistas foi registrado durante uma cobertura de esportes. Nesta semana, a repórter Gabriela Ribeiro, que trabalha no SporTV, usou suas redes sociais para postar um desabafo.

Crédito:Reprodução/Twitter

Durante o acompanhamento do embarque da delegação do Atlético-PR de Curitiba para a Colômbia, um torcedor do Furacão sentiu-se no direito de beijar a jornalista. “Ontem, estava cobrindo o embarque do Atlético e muitos torcedores (estavam) atrás, cantando e tal. Veio um e me lascou um beijo na bochecha, aquela situação ridícula. Interessante que geral rechaçou o cara por ter feito isso, mandaram me deixar em paz”, postou a repórter em sua página no Twitter.

Gabriela destacou o apoio recebido dos torcedores que também o criticaram pela atitude e aproveitou para chamar a atenção para a falta de respeito no comportamento do assediador. “Depois ele veio pedir desculpas: ‘Foi com todo respeito’. Não, não foi. Você não beija pessoas por aí sem ser solicitado, ainda mais quando elas estão trabalhando. Você não faz as coisas achando que pedir desculpas vai te livrar de aquilo ser errado. Espero que ao menos porque OUTROS HOMENS falaram, ele entenda que não é legal, não é engraçado. Simplesmente não. mas é cansativo, sabe”.

Facebook Comments

Lile Corrêa

Jornalista, Radialista e Recordista Bi-Mundial incluso no Guinness Book