Clube de Imprensa

Sanesul participa de mutirão para limpeza dos córregos Bonito e Restinga

A equipe de meio ambiente também montou um stand da praça e a unidade local fez blitz nas ruas distribuindo panfletos e conversando com a população.
Escrito por ACOM/SANESUL

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMA) de Bonito em parceria com a Sanesul, IASB (Instituto das Águas da Serra da Bodoquena) e Polícia Militar Ambiental, realizaram nos dias 21 e 22 de março um mutirão de limpeza dos córregos Bonito e Restinga, como parte das ações em alusão ao Dia Mundial da Água (22 de março).

Todos os anos, a Empresa de Saneamento de MS promove sua campanha institucional e programa várias ações educacionais nos municípios onde fornece água tratada.

Em Bonito, as atividades de educação ambiental começaram nas escolas e centros de educação infantis, trabalhando o tema em sala de aula.

Na Praça da Liberdade, ponto central da cidade, a equipe de meio ambiente da Sanesul montou um stand com cartilhas, jogos e um painel educativo para receber a visita dos estudantes. O tema abordado foi sobre a conservação ambiental dos córregos urbanos do município, sendo que, paralelamente, ocorreu a limpeza dos córregos Bonito e Restinga, afluentes do rio Formoso.

No dia 22, a equipe da unidade local da Sanesul também fez uma blitz nas ruas distribuindo panfletos e conversando com a população.

Mutirão retira lixo dos córregos urbanos de Bonito – Materiais de isopor, sacolas plásticas, garrafas e vidros foram encontrados nas águas que alimentam o Formoso.

Os córregos urbanos são importantes afluentes do Rio Formoso e é preciso cuidar dessas águas em preservação do meio ambiente da região.

A ação contou com o apoio de diferentes instituições voltadas para preservação e conservação ambiental.

Mesmo acostumados com esse tipo de ação, a quantidade de lixo retirada impressionou os voluntários.

Segundo os organizadores do mutirão, essas iniciativas visam não apenas fornecer informações importantes sobre a conservação e o uso responsável da água, mas também incentivar a participação da comunidade local na proteção e preservação dos recursos hídricos da região.

Pular para o conteúdo