TSE e partidos políticos assinam pacto contra as fake news

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on print

Presidente do TSE, Luiz Fux celebrou acordo contra as fake news. De começo, 10 partidos assinaram o compromisso em favor da não disseminação de notícias falsas

Por Priscilla Mazenotti

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fux, e representantes de dez partidos assinaram um compromisso contra a divulgação das chamadas fake news, que são as notícias falsas, durante as eleições de outubro.

O documento foi assinado por DEM, PCdoB, PSDB, PDT, PRB, PSC, PSD, PSL, Psol e Rede.

O documento prevê o compromisso dos partidos a atuarem como agentes colaboradores para impedir qualquer prática referente à utilização de conteúdo falso nas próximas eleições.

Para o presidente do TSE, o acordo contra as fake news tem efeitos simbólicos. A ideia, segundo ele, é que a eleição seja limpa e ética, na qual o povo brasileiro possa se vangloriar.

Chance para os outros partidos

Todos os 35 partidos existentes foram convidados para o evento. Os 25 que ainda não assinaram o documento anti fake news, nessa terça-feira, 5), terão até o próximo dia 21 para assinar.

Nesta data, o TSE fará um seminário para discutir o combate de divulgação de notícias falsas.

Confira reportagem da TV Brasil:

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luiz Fux, e representantes de dez partidos políticos assinaram um termo de compromisso contra a disseminação de notícias falsas – as chamadas “fake news” – nas eleições deste ano. Mas os outros 25 partidos que estão ativos terão até o dia 21 de junho pra participar dessa campanha . É um compromisso simbólico que não prevê punição às legendas. O que se espera dos partidos é um esforço concentrado em evitar essa prática que confunde o eleitor. Fux lembrou que o apoio da imprensa é importante para a manutenção da ética e da legitimidade no ambiente eleitoral.