Universidade Autônoma San Sebastian lança campanha “Todos contra o mosquito Aedes Aegypti”

matheus e doralice nunes - foto lile correa
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

Universidade Autônoma San Sebastian lança campanha “Todos contra o mosquito Aedes Aegypti”

Videos gravados em espanhol, guarani e português levam informações a população
Funcionários, acadêmicos e direção da Universidade estão engajados na campanha orientando a população

A mobilização da sociedade fronteiriça é fundamental para vencer a luta contra o mosquito, por isso os funcionários, acadêmicos e direção da UASS PJC estão convocando os familiares e vizinhos para entrarem nessa batalha diária.

De acordo com a Diretora da UASS PJC, Doralice Nunes “o uso de repelente, propolis, suco natural de vitamina C esta sendo compartilhado pelos participantes da Campanha Todos Contra El Aedes Aegypti, precisamos da participam diária de todos acadêmicos e funcionários, com a participação de todos teremos sucesso nessa iniciativa”.

Doralice Nunes sugeriu a gravação de videos trilingue em português, espanhol e guarani, visto que a UASS PJC oportuniza aos acadêmicos de medicina falar os três idiomas, para que todos possam ter acesso as informações.

O Aedes aegypti é um mosquito doméstico. Ele vive dentro de casa e perto do homem e da mulher. Com hábitos diurnos, o mosquito se alimenta de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer. A reprodução acontece em água limpa e parada, a partir da postura de ovos pelas fêmeas. Os ovos são colocados e distribuídos por diversos criadouros.
Em menos de 10 minutos é possível fazer uma varredura em casa e acabar com os recipientes com água parada – ambiente propício para procriação do Aedes aegypti.

Cuidados dentro das casas e apartamentos

  •  Tampe os tonéis e caixas d’água;
  •  Mantenha as calhas sempre limpas;
  •  Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
  •  Mantenha lixeiras bem tampadas;
  •  Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
  •  Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
  •  Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
  •  Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa.

Área externa de casas e condomínios

  •  Cubra e realize manutenção periódica de áreas de piscinas e de hidromassagem;
  •  Limpe ralos e canaletas externas;
  •  Atenção com bromélia, babosa e outras plantas que podem acumular água;
  •  Deixe lonas usadas para cobrir objetos bem esticadas, para evitar formação de poças d’água;
  •  Verifique instalações de salão de festas, banheiros e copa.

PARAGUAY

Campaña contra el vector del dengue, zica y chikungunya, el mosquito Aedes Aegyptis.

Datos actualizados de Arbovirosis revelan que los casos de Dengue van en alza, “pero siguen siendo inferior en comparación a años anteriores”, declaró el Dr. Guillermo Sequera, Director General de Vigilancia de la Salud, durante la conferencia de prensa brindada esta mañana. Informó que en la semana se reportaron 34 casos nuevos de Dengue y un caso de Chikungunya.

Dengue por departamento

  • Alto Paraná: 84 casos, localizados en los barrios, Km. 30 Piro’y, Jardín del Oriente, CONAVI, Calle 28 Monday, Villa Nélida, Km. 30 San Jorge -Minga Guazú, Cuidad Nueva-Cuidad del Este y 8 de diciembre-San Alberto. Serotipo circulante, DEN-4.
  • Central: 4 casos, procedentes de, Primer Barrio-Luque, La Victoria-Lambaré, Yvyraró-Capiatá, Colonia Juan de Salazar-Limpio. Serotipo circulante, DEN-1 y 4.
  • Amambay: 3 casos, registrados en los barrios, Obrero de Capitán Bado, Barrio Mariscal Estigarribia y Virgen de Caacupé de Pedro J. Caballero. Serotipo circulante, DEN-2.
  • Paraguarí: 2 casos, en los barrios Barrio San Francisco-Paraguarí y Santa Margarita-Carapeguá. Serotipo circulante, DEN-4.
  • Itapúa: 1 caso, en barrio Kennedy-Encarnación. Serotipo circulante, DEN-4.
  • Chikungunya por departamento
  • Central: 3 casos, registrados en los barrios, Aldana Cañada, distrito de Capiatá; Ñu Poí, distrito Itaugua y San Miguel, distrito San Lorenzo.
  • Paraguarí: 4 casos, Ñuati calle, distrito de Yaguarón y barrio Tajy Loma, distrito de Carapeguá. Rincón, distrito de Roque González de Santacruz y Pirayú.

Desde el inicio del 2019 hasta la fecha, se notificaron 2.185 casos sospechosos de Arbovirosis en todo el país (el 40% corresponde al departamento Central) y se reportó un promedio de 442 notificaciones con sospecha en las 3 últimas semanas.

Signos de alarma

Fiebre alta

Sangrado

Dolor abdominal intenso

Mareos y vómitos que no paran

Recuerda..  Si sentís fiebre, dolor muscularx dolor en las articulaciones, dolor de cabeza o detrás de los ojos, NUNCA DEBES AUTOMEDICARTE, SIEMPRE DEBES CONSULTAR CON UN MÉDICO SI TENES UNO DE ESTOS SÍNTOMAS

Recuerda , sin mosquito no hay dengue, sumate a la campaña y elimina todos los criaderos del mosquito.

Utiliza diariamente repelente.

Com informações Ministério da Saúde Brasil e Paraguai*