WhatsApp é o aplicativo mais usado na pandemia, aponta estudo da ESPM

whatsapp pandemia
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on print
Share on whatsapp

WhatsApp é o aplicativo mais usado na pandemia, aponta estudo da ESPM

Uma pesquisa do Núcleo de Marketing e Consumer Insights – NUMA – formado por professores e alunos da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), avaliou o uso de aplicativos durante a pandemia de covid-19.

O objetivo do estudo era entender o impacto da utilização dos apps na rotina dos consumidores no decorrer do período de isolamento social.

Segundo a pesquisa, o WhatsApp foi o mais utilizado, 97% das pessoas consultadas afirmaram utilizá-lo durante a quarentena. Em seguida, vêm o Instagram (88%) e o YouTube (75%).

O app de streaming de filmes da Netflix foi o mais usado por 68% dos entrevistados, e a plataforma de reuniões virtuais Zoom por 52% da amostra. O app de delivery do iFood foi o mais usado de sua categoria por 41% dos pesquisados. (A pesquisa considerou respostas múltiplas).

Crédito: Internet
Experiências
É possível fazer uma relação dos aplicativos mais utilizados com as experiências mais buscadas pelo consumidor nesses tempos de pandemia. Distração ficou na liderança com 73%, seguida por bem-estar (58%), sentimentos positivos (56%) e controle da ansiedade (48%).

Por meio de técnicas de análise estatística e correlação de dados, a pesquisa identificou alguns sentimentos provocados pelos aplicativos durante o seu uso.

“Nas mulheres há um aumento da ansiedade, do estresse e do cansaço, e os homens apresentam mais sentimentos positivos”, diz Helder Haddad, professor e pesquisador do NUMA ESPM.

Sobre o perfil etário é possível identificar que pessoas acima dos 45 anos usam mais os aplicativos para manter contato com amigos e familiares, pessoas entre 25 e 34 anos são as que mais pedem comida por aplicativos e os mais jovens, de até 17 anos, preferem apps de filmes, séries e vídeos.

Na amostra de 387 respondentes, 60% são mulheres, 51% são estudantes e 27% têm renda familiar mensal acima de 20 000 reais.
Confira aqui alguns dados da pesquisa (respostas múltiplas):

Aplicativos Mais Utilizados
97% WhatsApp
88% Instagram
75% YouTube
68% Netflix
55% Facebook
52% Zoom
41% iFood
24% Amazon Prime Video
23% TikTok
16% Microsoft Teams
Utilidade dos Aplicativos
77% Passar o tempo vendo vídeos
73% Conversar com amigos e família
50% Trabalhar em casa
49% Estudar em casa
41% Reduzir o estresse
38% Aprender algo novo
37% Pedir comida delivery
18% Fazer compras
14% Jogar em grupo
4% Outros
Sensações Relacionadas ao Uso dos Apps
73% Distração
58% Bem-estar
56% Sentimentos positivos
48% Ansiedade
48% Produtividade
41% Cansaço
38% Estresse
28% Solidão